Os direitos do consumidor nas academias

Preparar o corpo para o verão

Analisar contratos com as academias evita surpresas desagradáveis

Na primavera, as academias recebem uma grande quantidade de novos clientes que querem deixar “tudo em cima para o verão”. Os atletas de fim de ano buscam o corpo sarado e bonito para ser exibido nas praias e piscinas no período mais quente do ano. Para quem já treina, seguindo um cronograma intenso, dividir os aparelhos com a fila de novos usuários é gastar mais tempo na academia.

Para os proprietários, o maior número de clientes é bom negócio, mas, tanto para eles como para consumidores, os treinos devem ser bons para o corpo, mente e bolso. “Eles devem estar em sintonia com a economia para o bem de ambas as partes”, afirma o advogado especialista em direitos do consumidor e fornecedor, Dori Boucault.

O aumento da demanda pode ser um problema para gestores das academias, pois é preciso ter mais cuidados com higiene, manutenção dos equipamentos e aparelhos. “Esses pequenos detalhes são significantes numa relação comercial”, aponta Boucault.

Detalhes dos programas de treinos

A academia deve ter condições de receber toda a demanda e oferecer programas e treinos conforme disponibilidade de profissionais, além de quantidade de horários para atender todos. “Nessa relação comercial, as pessoas procuram a academia em horários flexíveis, quando não estão trabalhando, estudando ou compromissadas. Então, para atrair o público, é preciso flexibilizar horários e divulga-los aos clientes”, diz o advogado.

Por outro lado, os exercícios físicos trazem muitos benefícios à saúde, então, ao escolher uma academia, o consumidor deve estar atento aos seus direitos. As academias podem oferecer diferentes planos de serviço e formas de pagamento. “Portanto, pesquise muito antes de contratar”, salienta Boucault. O consumidor deve verificar qual o plano é adequado, os horários, os valores das parcelas, as taxas de inscrição ou matrícula e quais os encargos no caso de atraso do pagamento. Se for promoção, guarde bem a informação para ser usada no contrato.

Custos adicionais

É preciso saber ainda se haverá outros custos, como taxa de exame médico e de avaliação física ou compra de equipamentos especiais. “Saber quais as formas de pagamento e se os horários de treinos e programas batem com o seu é fundamental. Depois não adianta reclamar, especialmente se a academia tem esses horários amplamente divulgados”, destaca o especialista.

Quem não tem tanta flexibilidade de horários, ao contratar um pacote de treinos ou programas na academia, deve verificar se há reposição de aulas. Após esses cuidados, e decidido a fechar contrato, “o consumidor deve por no papel todos os direitos e deveres dele e da academia”, observa. Porém, caso haja descumprimento do contrato há como resolver o problema, procurando um especialista.

Atenção ao contrato

Segundo Dori, o consumidor deve ler com atenção o contrato. Se houver dúvidas, buscar esclarecimentos com o estabelecimento. “Não assine nada sem ler, não assine nada sem entender. Pergunte, para não se arrepender depois”, orienta.

Como muitas academias trabalham com planos trimestrais, semestrais ou anuais, é fundamental verificar atentamente quais as condições para desistência. Para Boucault, o consumidor deve observar se, ao desistir, há multas e como são devolvidos os cheques pré-datados. “Deve verificar como o contrato pode ser suspenso quando doente, em mudança de residência ou nas férias”, lembra o advogado.

Treino nas academias

Treinos devem ser bom para o corpo e para o bolso também

Nas academias

Vai se preparar para ganhar massa muscular ou obter um corpo de deixar inveja na piscina ou na praia? O especialista dá algumas dicas:

– é necessário que o consumidor faça um exame médico antes de iniciar a prática de exercícios físicos;

– verifique se a academia possui um departamento de avaliação física capaz de montar um programa de exercícios especifico para suas necessidades. Esse serviço pode ser cobrado à parte;

– observe a higiene do local, principalmente dos vestiários, banheiros, aparelhos e a ventilação de todos os espaços;

– informe-se sobre a capacitação dos professores e sua área de atuação;

– importante: se for possível, solicite uma aula teste para ter a exata noção de como funciona todo o sistema.

Importante

– visite diversas academias, assista as aulas e pergunte para conhecidos e usuários sobre os serviços. Decida-se pela academia que lhe trará mais comodidade. Uma academia muito bem aparelhada pode estar longe de sua residência e pode influir na disposição de frequenta-la. Pense sobre o trajeto, se de casa para a academia ou do trabalho para a academia.

– no caso de cheques pré-datados: faça constar no contrato o número, valor e data de vencimento de cada um. Formalize a data em que o cheque pode ser depositado. Não fazendo isso, os cheques podem ser depositados antes da data aprazada. O processo deve ser definido entre as duas partes para não haver sobrecarga financeira;

– fique atento aos avisos e quadros informativos espalhados pela academia. Importante estar ciente de diversas informações e decisões sobre horários, níveis, eventos e horários de treinamento;

– guarde prospectos publicitários com informações ou promoções. Guarde todos os comprovantes de pagamento, caso haja algum problema futuro, estes documentos podem lhe dar respaldo jurídico.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *